Buscar

O tempo. Por vezes nos falta... por vezes temos demais... mas é raro.




O tempo é um recurso precioso. Aquele segundo que passou ficou pra trás. Não volta mais. Decerto que se pensarmos nisso vamos a loucura, pois sempre achamos que poderíamos ter tido mais ou mesmo usado-o melhor. Quantas vezes pensamos nisso? Ter mais tempo, ou mesmo, sermos capazes de multiplicá-lo. Não temos.


E de repente, temos tempo demais. Até pra pensar nele. Num momento como esse, que estamos vivendo, isso não é estranho, ou mesmo perda de tempo. É só mais um sinal, muito claro, de que a vida mudou. Completamente. Tudo aquilo para o qual não tínhamos 1 minuto sequer, hoje, podemos nos dedicar horas seguidas. E isso faz pensar, não é mesmo? Será o tempo o problema?


Com a quarentena, tempo de ficar em casa, fomos forçados a dar um tempo. Reavaliar tudo. Trabalho, objetivos, família, planos, valores e claro, o futuro. Tudo ao mesmo tempo. E quanta coisa vamos notando. Até mesmo que muito daquilo tudo que julgávamos ser tão importante, ao qual dedicávamos tanta atenção, e portanto, tempo, na realidade não era tão essencial assim. E as outras coisas para qual não havia tempo algum, a ser perdido, por serem cotidianas, de pequeno valor, revelaram-se tão importantes mas sequer notávamos. Cada qual com suas descobertas. O fato é, com esse tempo todo que brotou em nossas vidas, estamos aprendendo, até mesmo, que esperar é tempo para se dar mais valor.


Querendo ou não, fomos forçados a passar mais tempo em casa. Com a família, ou com a falta dela. “Bom dia” e “boa noite”, em tempo, foram ganhando um valor diferente. Para uns, entre um e outro, um tempo que não passa nunca. Para outros, um tempo muito bem vindo. Todos procurando algo pra fazer. Ocupar o tempo, de forma produtiva ou mesmo produzindo tempo livre. Se redescobrindo. Alguns tantos mergulhando no trabalho, pois em tempo, tudo voltará ao “normal”, outros muitos, a maioria, vivendo cada minuto, deste tempo, torcendo para que ele acabe logo e não volte nunca mais.


Mas o fato é, temos de dar tempo ao tempo e sendo assim, que venham outros tempos. Que tenhamos aprendido e tirado o máximo de proveito nesse meio tempo.

0 visualização

© 2020 desenvolvido por Conceito Visual Comunicação.